Acesso Interno
 
 

Categorias Estado Cidade Bairro Nome
O QUE ACONTECEU COM OS CAMPOS DE VÁRZEA?

Terça-feira, 11 de novembro de 2008 - 15:26:04

No final de semana resolvi dar uma geral nas gavetas do armário e encontrei algumas fotos da minha época de infância, um tempo que com certeza não volta mais, amigos que não voltarei a ver, uns mudaram-se e não deixaram sinal de vida, outros já estão mortos e por felicidade alguns ainda estão próximos.

Recordando os bons e velhos tempos dos Campos de Várzea lá estávamos orgulhosos usando camisas rasgadas, meias com um pé de cada cor, e nossos potentes Kichutes, uma bola que já havia passado por diversos remendos porém teimava em fazer nossa alegria naquele bom e velho campo do Falcão do Morro, do Elite Itaquerense, do Santa Terezinha, do Miolo da Vila Matilde entre outros, fotos e mais fotos que me fizeram sentir aquele aperto no coração e novamente fazer a pergunta que não quer calar.

Por onde andam os Campos de Várzea?

Atualmente não os vemos mais, o que existem são as chamas escolinhas de futebol, onde se formam “craques” moldados, jogadores viciados em esquemas táticos desde o primeiro dia de aula, onde muitas vezes são preparados por professores que nem se quer ouviram falar no drible da vaga, no chapéu mexicano, na carretilha, ou que se quer possuem as cicatrizes nos dedões castigados pelas unhas arrancadas nos terrões dos antigos Campos de Várzea.

Lembro-me que naquela época em Itaquera existiam o Elite Itaquerense, o Ferrolho e o Falcão do Morro, essas equipes possuíam seus times principais mas a grande rivalidade era entre o chamado DENTE DE LEITE, eu que tive a oportunidade de jogar no dente de leite das três equipes pude acompanhar de perto os melhores “pegas”, grandes jogos e muitas vezes algumas trocas de socos e pontapés, onde tudo era resolvido dentro de campo, onde a única ameaça que existia era o chamado “eu vou te pegar”, mas que só ficava na ameaça, e na semana seguinte lá estávamos novamente.

Sonhávamos com a seleção brasileira, com os grandes clubes, porém não tínhamos a quantidade de empresários que existem hoje no futebol, fazendo contrato com mães e pais que mal tiraram seus filhos das fraldas, nossa geração era uma geração Fantástica, garotos com 14, 15 e 16 anos que nos dias de hoje fariam inveja a muitos profissionais dos grandes clubes.

Me lembro do Marquinhos(o Boca) e Fabinho (Elite Itaquerense), os irmãos Piu, Marcelo e o Cezinha (Ferrolho), Márcio(Sagüi), Sandro e Zé (Falcão do Morro), jogadores que encantavam os veteranos com suas jogadas, seus dribles e aquela alegria que só os apaixonados pela bola possuem.

A Várzea está acabando e com ela o Futebol Brasileiro, hoje não temos mais motivação para ver as grandes batalhas do passado, não temos mais campos para levar nossos filhos sem que no final do mês desembolsemos parte do salário para pagar a mensalidade das escolinhas, os grandes times de Várzea e seus Dentes de Leite que eram celeiros de craques vivem a triste realidade e a falta daquele bom e velho professor que muitas vezes chorava de alegria na beira do campo sem nada receber, simplesmente pelo amor ao esporte e a camisa do seu time.


Equipe Falcão do Morro por volta de 1986: Em pé Sabão, Leco, Fran, Bolinha, Alex, Chiquinho
Agachados: Bozo, Fusa, Madureira, Sandro e Cabeção - Técnico Luiz.


Equipe Falcão do Morro por volta de 1986: Em pé Cazinha, Bolinha, Sandro, Fusa, Sabão, Emerson, Bozo, Luiz.
Agachados: Chiquinho, Ché, Leco, Rato, Alemão e o Mascote Rodrigo.


Em pé : Zéca, Marcola,Vermelho, Né Carlos, Jesus, Nobre(goleiro), Técnico Luiz
Abaixados: Mineirinho,Simão, Ariovaldo, Rui, Mexerica, Lariço
Resultado 1X1 tempo normal e 1 X 0 prorrogação.
Gols do Falcão: Ariovaldo  gol olímpico aos 42 do segundo tempo e Simão aos 14 do segundo tempo da prorrogação.
Equipe Campeã Torneio Itaquera - Veterano do Falcão do Morro 1989.

Escrito por Fran - Quer colaborar com este espaço, envie um e-mail para fran@itaquera.com.br


Banners